Traficantes torturam esposa grávida de PM durante 2 horas após sequestro

Traficantes do Morro do 18 torturam mulher após identifica-la como esposa de um policial militar do Rio

Foto: Divulgação
Anúncio

Uma mulher grávida de 37 anos foi sequestrada e torturada por traficantes após ser assaltada por um homem no Rio de Janeiro. De acordo com algumas informações, a vítima foi abordada por um homem armado próximo ao estádio do Maracanã, onde ela foi conduzida pelo suspeito até Alto da Boa Vista. No local, o indivíduo pediu para que o marido da mulher entregasse um valor em espécie para que a vítima fosse libertada.

Durante a conversa, o suspeito acabou percebendo que o homem na ligação se tratava de um policial militar.




Mediante a isso, a mulher foi conduzida pelo indivíduo até o Morro do 18, que está localizado na Zona Norte da capital fluminense.

Na comunidade, a vítima passou por uma sessão de tortura por traficantes, onde ela foi submetida a agressões, entre outros crimes de tortura em um período de duas horas. Após acabarem, os traficantes liberaram a mulher na região da Penha.




Pelo fato da vítima estar grávida de sete meses, ele foi socorrida e conduzida para uma unidade hospitalar, onde foi atendida e liberada horas depois.

A vítima foi até a delegacia e registrou um boletim de ocorrência mediante tal fato. A delegada responsável pelo caso, Carina Bastos, titular da 18ª DP, informou que o caso está sendo investigado.

Pelo fato de tamanha crueldade, a notícia foi espalhada rapidamente pelas redes sociais. Muitos internautas acharam a conduta dos envolvidos nas agressões como barbaridade, tendo em vista que a vítima ainda estava grávida de sete meses.




Até o fechamento dessa matéria, nenhuma informação adicional foi apresentada sobre o respectivo caso.

Violência no Rio de Janeiro

Mesmo com a paralisação das atividades profissionais em decorrência da proliferação do novo coronavírus, muitos crimes continuam sendo registrados nesse período de quarentena no estado do Rio de Janeiro. Recentemente, uma mulher foi vítima de crime sexual em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio.

De acordo com algumas informações, a vítima estava retornando para sua residência após um dia de trabalho, mas durante o percurso, ela acabou sendo surpreendida por um homem. Durante a abordagem, o suspeito informou o que iria acontecer. Logo depois, ele ‘arrasta’ a vítima pelo braço e levando-a até um prédio público abandonado para cometer os abusos.




Após o ato cometido, algumas pessoas que passavam no local perceberam o que estava acontecendo e uma guarnição da Polícia Militar foi acionada. A vítima foi conduzida para uma unidade hospitalar para realizar alguns exames mediante o abuso sofrido.

A mulher que não teve a identidade revelada passa bem e o homem que cometeu os abusos continua foragido. A Polícia Civil conseguiu pegar imagens de monitoramento e irá investigar o caso.


Fonte: MCEARÁ

Comentários