Menino de 14 anos esfaqueia a mãe após ela não lhe dar dinheiro do auxilio emergencial

Adolescente queria parte do dinheiro que a mãe receberia do governo e se alterou após a recusa

Foto: Divulgação
Anúncio

Uma mulher de 44 anos foi ferida com uma faca pelo próprio filho, de 14 anos, após recusar lhe dar o dinheiro que havia recebido do auxílio emergencial do governo. O caso aconteceu na noite desta terça-feira (21), em Alta Floresta, cidade que fica a 800 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso. Um irmão mais velho também foi ameaçado com um facão após defender a mulher.




De acordo com informações passadas pela vítima, o menor queria parte dos 600 reais que ela havia recebido do auxílio emergencial oferecido pelo governo federal.

A mulher disse que não poderia lhe dar parte do dinheiro, pois o montante seria usado para o pagamento de contas.

Com a recusa, o garoto teria se alterado e jogado uma faca na direção de sua mãe. O objeto bateu na parede e acertou a perna dela, lhe causando ferimento. O irmão mais velho, ao presenciar tudo, interviu para impedir que a mãe sofresse nova agressão, momento em que o adolescente pegou um facão e ameaçou lhe matar.




Foi o próprio irmão mais velho quem acionou a Polícia, que chegou ao local e apreendeu o menor, o levando até a delegacia da cidade.

A mulher foi encaminhada a uma unidade de saúde para tratar do ferimento.

O auxílio de 600 reais oferecido pelo governo tem como ajudar as famílias afetadas por conta da crise do novo coronavírus.

Mulher é arremessada de carro durante briga

Durante uma briga com seu marido, uma mulher de 32 anos foi arremessada de um veículo em movimento e sofreu vários ferimentos pelo corpo, precisando ser atendida pelos Bombeiros.




O caso aconteceu na cidade de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso.

O caso está sendo investigado e no boletim de ocorrência não contam quais foram as razões da desavença. A polícia foi até o local onde a agressão ocorreu, mas o suspeito já havia se evadido e não foi localizado.

Som alto provoca morte de mecânico

Um aparelho de som ligado em volume alto causou a morte de um mecânico de 52 anos na última terça-feira (21), em Torixoréu, cidade que fica a 577 km de Cuiabá.

O suspeito de ter cometido o homicídio é um idoso de 63 anos, vizinho da vítima e que está foragido. Ele teria se incomodado com o barulho vindo da casa do mecânico. Os envolvidos não tiveram seus nomes revelados.




De acordo com informações passadas pela Polícia Militar, a vítima foi morta a golpes de facão, que lhe atingiram as costas e o abdômen. O mecânico morreu no local.

Após o crime, o idoso teria se evadido pela Rodovia MT 100 em um veículo de passeio em direção a cidade de Ribeirãozinho. O veículo foi encontrado abandonado no quilômetro 14.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil e o suspeito até o momento não havia sido localizado pelas autoridades.


Fonte: MCEARÁ

Comentários