HOMEM É PRESO APÓS TER RELAÇÕES SEXUAIS COM CADELA VIRA-LATA

Foto: Divulgação
Anúncio

Atualmente, a Lei de Crimes Ambientais prevê detenção de três meses a um ano e multa para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

São Paulo – Um homem do bairro Santa Cecília, em Andradina, foi preso em flagrante acusado de abusar de sua cachorra, sem raça definida, mas acabou liberado e vai responder o crime em liberdade. A zoofilia é considerada crime no Brasil.




Atualmente, a Lei de Crimes Ambientais prevê detenção de três meses a um ano e multa para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

L. foi surpreendido pela PM e bombeiros a partir de denúncias transmitidas por vizinhos à APAAR [Associação Protetora de Animais de Andradina] e no instante da abordagem fazia sexo com o animal.




Enquanto o sujeito foi levado à delegacia para ser interrogado, a cadela era encaminhada a uma clínica veterinária, onde se constatou indícios do abuso, além de outras doenças que necessitarão ser tratadas com urgência, como TVT [tumores venéreos transmissíveis].

 

Fonte : HOJEMAIS

Comentários