Exercícios fora da academia: 74% das pessoas buscam novas maneiras de treinar

Para grande parte dos brasileiros sedentários, adaptar exercícios aos próprios horários é um fator decisivo para ter uma vida mais saudável

Foto: Divulgação
Anúncio

Por muito tempo a academia foi o grande reduto das atividades físicas. Entretanto, hoje as formas de se exercitar se ampliaram muito – ainda bem – e tem opção para todo gosto (e bolso). Por isso, muitos brasileiros estão apostando nos exercícios físicos em casa ou ao ar livre, contando com toda a liberdade de treinar quando e onde desejarem.

Porém, muita gente ainda não conhece ou não explorou essas alternativas à academia. De acordo com uma pesquisa feita com 2.050 pessoas, desenvolvida pelo aplicativo de treinos Freeletics, para 74% das pessoas que ainda não se exercitam frequentemente, ter mais flexibilidade para encaixar a atividade física na rotina seria um fator que as ajudariam a buscar um estilo de vida mais saudável.

O estudo revelou ainda que a possibilidade de treinar em qualquer lugar motivaria 36% dos entrevistados a praticar exercícios com mais frequência. A pesquisa foi realizada entre outubro e novembro de 2018, com pessoas sedentárias ou que se exercitam até no máximo duas vezes por semana. Abaixo, veja algumas formas de se exercitar, além da academia:

Liberdade e flexibilidade na rotina

A jornalista Joelma Marino, 43, foi adepta da academia por anos, onde fazia natação, zumba, aulas de step e exercícios localizados. “Mas me sentia um pouco presa, confinada na academia”, conta. Os aparelhos e salas deram lugar às ruas de Bauru, por onde pedala até o trabalho desde 2000. “É o exercício que mais gosto pela sensação de liberdade”.

Para ter uma maior flexibilidade em sua rotina, Penelope Pereda, 23, começou a frequentar a academia do prédio onde mora.. A publicitária, hoje, vê a economia de tempo como um grande benefício: “Você não gasta todo o tempo de ir e vir da academia, revezar aparelho, esperar aula começar. Isso tem muito a ver com a questão do horário, de você poder fazer a hora que quiser”, afirma Penelope, que faz treinos funcionais quatro vezes na semana com um aplicativo de exercícios.

Disciplina para treinar em casa

Um dos principais desafios ao praticar exercícios em casa é manter a disciplina. Ao estar no próprio lar, é necessário se desconectar de distrações, como televisão, telefones e campainhas, e não desistir. Para Penelope, criar uma rotina de exercícios é importante para que ela não se sinta desmotivada nos treinos por não ter companhia ou não ter alguém olhando e apoiando seus movimentos.

Comentários