Essa mulher foi acusada se ser a responsável pelas 55 mortes em presídios de Manaus

Foto: Portal CM7
Anúncio

As chacinas em Manaus fizeram 55 mortos até o momento. Só nesta segunda-feira (27/05), foram 40 o número de vítimas fatais. A confusão aconteceu entre membros de diferentes gangues, A Família do Norte (FDN) e o Comando Vermelho (CV), as quais estão espalhadas pelo país inteiro promovendo compra e venda de drogas ilícitas.

A guerra aconteceu em 4 unidades prisionais da cidade de Manaus, localizada no estado do Amazonas. Nesta terça-feira (28/05), familiares de detentos que estavam nos presídios onde tudo ocorreu estiveram à espera no pátio para ouvir a lista com o nome dos mortos.




Um dos membros de uma facção acabou sendo capturado pela rival e entregou quem estaria como mandante das mortes. Segundo o criminoso, conhecido entre os comparsas como Magnata, Sheila, esposa de um dos chefes do crime seria a mandante, causando a morte de dezenas de presidiários.




O marido de Sheila é João Pinto Carioca, chamado João Branco na facção Família do Norte. Ele está preso em uma unidade prisional de Curitiba, onde cumpre pena por narcotráfico.

No vídeo que começou hoje a circular pelas redes sociais, Magnata conta em detalhes sobre o trabalho dos chefes da facção para a qual ele trabalha. Não se sabe ao certo quem publicou primeiro, mas o relato tem gerado grande repercussão na web.




Na última segunda-feira, o batalhão de choque foi chamado para fazer verificação nas celas dos presídios onde as mortes aconteceram a fim de fazer contagem de presos e averiguação de objetos não permitidos.

 

Fonte: 1 News

Comentários