Dieta de 21 dias – Como funciona, cardápio e dicas!

Dieta de 21 Dias

Com tantas dietas que prometem estimular o emagrecimento e melhorar a saúde, pode ser difícil saber quais delas realmente podem trazer resultados duradouros. Por isso, antes de pensar em escolher uma dieta, é sempre bom conhecer como o método em questão funciona.

Sendo assim, vamos conhecer melhor um desses planos: a dieta de 21 dias. Portanto vamos ver o que é e como funciona a dieta de 21 dias.

A dieta de 21 dias brasileira

No Brasil a dieta foi criada pelo Dr. Rodolfo Aurélio, um dos maiores Especialistas em Naturopatia do Brasil, e promete trazer vários benefícios para a saúde, como:

  • Redução de 5 a 10 kg;
  • Melhora dos níveis de colesterol;
  • Pele, unhas e cabelos mais saudáveis;
  • Aceleração do metabolismo e aumento da energia;
  • Diminuição de celulites.

No site oficial do método, ele é apresentado como uma dieta que não faz com que a pessoa passe fome e não exige a prática de exercícios monótonos e chatos.

Nessa dieta são usados alimentos funcionais, que são pouco calóricos e ricos em nutrientes, ajudam a acelerar o metabolismo e levar a uma maior queima de gorduras.

O programa da dieta de 21 dias do Dr. Rodolfo Aurélio vem com quatro manuais: o manual de introdução, o manual de reprogramação de crenças, o manual da dieta e o manual dos exercícios físicos.

Além dos manuais, o programa traz um protocolo para evitar o efeito sanfona, além de um livro de receitas com sugestões do idealizador.

Entretanto, os materiais da Dieta de 21 Dias brasileira não estão disponíveis de forma gratuita, e para ter acesso aos manuais e protocolos, deve-se realizar a compra pela internet.

A dieta de 21 dias dos Estados Unidos 

Chamada de The 21 Day Weight Loss Breakthrough Diet pelo site do Doctor Oz, o método traz a promessa de perda de peso, aumento de energia e diminuição dos riscos de desenvolver doenças crônicas.

O programa alimentar consiste no consumo de principalmente fontes vegetais de proteínas ao longo dos 21 dias de duração da dieta.

As refeições devem incluir também uma quantidade não limitada de vegetais sem amido, que são pobres em calorias e carboidratos, e ricos em vitaminas e fibras. Eles podem ser refogados ou temperados com azeite de oliva.

De acordo com o Doctor Oz, evitar o consumo de carne pode ajudar a reduzir a quantidade de calorias e gorduras saturadas consumidas, além de prevenir problemas como doenças cardíacas, diabetes e obesidade.

No entanto, isso não significa que a pessoa tem que ficar sem comer carne durante toda a dieta. Na realidade, o método permite o consumo de proteína animal como ovos, peixes, carne vermelha e aves duas vezes por semana.

O plano ainda determina que cada dia seja iniciado com o chá oolong (chá tradicional chinês). A justificativa do Doctor Oz é que já foi provado que a bebida estimula o metabolismo e ajuda a emagrecer.

O que é proibido e o que deve ser reduzido

  • Adoçantes artificiais, açúcar e alimentos processados: Não devem ser consumidos na dieta de 21 dias;
  • Café: O consumo deve ser de apenas uma xícara ao dia, sem açúcar ou adoçado com leite de nozes e stévia;
  • Leite e derivados: Só podem ser consumidos duas vezes por semana durante;
  • Condimentos: São permitidos condimentos como o vinagre balsâmico, azeite de oliva e molho de soja com baixo teor de sódio. Porém, eles devem ser utilizados em pequenas quantidades.

O programa alimentar também recomenda fazer três lanches ao longo do dia para manter o metabolismo e tirar a fome nos períodos de intervalos entre as principais refeições. Esses lanches devem conter fontes de gorduras saudáveis.

O cardápio da dieta de 21 dias

Vamos agora conhecer como fica o cardápio da dieta de 21 dias, proposto pelo Doctor Oz:

Café da manhã

Ele deve começar com o chá oolong e ser completado por fontes de fibras e gorduras saudáveis. É aí que o abacate entra, podendo ser consumido acompanhado de uma fatia torrada integral ou uma porção de chia.

Lanche da manhã

Deve conter uma porção de fruta, que pode ser uma fruta média como uma maçã ou uma xícara de frutinhas vermelhas, por exemplo.

Almoço e jantar

Juntas, as refeições devem trazer três porções de fontes vegetais de proteínas diariamente. Entre as opções estão:

  • 1 xícara de feijão (preto, branco, carioca, azuqui ou manteiga) ou lentilhas;
  • ¼ de bloco de tofu;
  • 1 xícara de tempeh;
  • 2 colheres de sopas de sementes como chias, sementes de abóbora, linhaça e sementes de cânhamo;
  • Existe ainda a alternativa de substituir uma das porções de proteína vegetal por uma porção de proteína animal, entretanto, isso deve ocorrer somente duas vezes por semana.

Como já vimos acima, a quantidade de vegetais sem amido é ilimitada e eles podem ser refogados ou temperados com azeite de oliva. Alguns exemplos desses vegetais são:

  • Alface;
  • Beterraba;
  • Brócolis;
  • Repolho;
  • Couve-flor;
  • Pepino;
  • Berinjela;
  • Abobrinha;
  • Entre outros.

Lanches ao longo do dia 

O lanche pode ser composto de uma das seguintes opções:

  • Uma porção de frutas;
  • Vegetais sem amido (sem limite de porção);
  • 30 g de amêndoas, pistache ou nozes;
  • Uma colher de sopa de manteiga de amêndoas ou de castanha de caju.

Itens que devem ser consumidos diariamente 

Alguns alimentos e bebidas devem ser consumidos diariamente no cardápio na dieta de 21 dias. São eles:

  • 2 xícaras de chá oolong;
  • ½ abacate;
  • 1 porção de grãos integrais;
  • 3 porções de proteína vegetal;
  • Quantidade ilimitada de vegetais sem amido;
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 2 porções de fruta;
  • 30 g de nozes ou 1 colher de sopa de manteiga de nozes.

Cuidados com a dieta de 21 dias 

Antes de seguir qualquer programa alimentar, o que inclui a dieta de 21 dias do Brasil e dos Estados Unidos, consulte um nutricionista ou médico, para saber se o método é realmente apropriado para o seu caso, para que a dieta não cause prejuízos para a sua saúde.

Avalie ainda se vale a pena pagar por um programa alimentar ao invés de investir o dinheiro em um cuidado individualizado para você com um bom nutricionista.

Mesmo que o método prometa milhares de benefícios, ele não oferece um acompanhamento específico com bons profissionais de saúde e não há como garantir que ele seja eficiente.

O que você achou do cardápio e de como funciona a dieta de 21 dias brasileira e a americana? Utilizaria alguma delas para emagrecer? Comente abaixo!


Fonte: Mundo Boa Forma

Deixe seu Comentário