Dieta certa e exercícios para eliminar a gordurinha abdominal

Para perder os pneuzinhos é preciso dedicação e, claro, seguir as dicas certas

Foto: Divulgação
Anúncio

Aquela barriguinha que teima em continuar em evidência, apesar da perda de peso, é um problema para homens e mulheres. Além disso, é um perigo para a saúde. “Essa gordura, que envolve órgãos internos, como fígado e pâncreas, dificulta a ligação da insulina com seu receptor celular, causando uma resistência insulínica que predispõe a diabetes, pressão alta e problemas de colesterol”, explica a endocrinologista Cláudia Cozer. Mas há soluções que fazem o excesso de gordura localizado no abdômen desaparecer. Porém, elas não são milagrosas. Você precisa ganhar massa muscular, aprenda receitas anabólicas para fazer em casa, testada por especialistas, conheça a dieta dos 21 dias Clique Aqui.

Menos sal

Para secar as gordurinhas, é importante diminuir a quantidade de sal que coloca na comida, pois ele retém muito líquido. Para substituí-lo, abuse de ervas, como manjericão, hortelã, salsão, alecrim, salsinha, orégano e louro, ou temperos, como pimenta, mostarda, coentro e noz-moscada. Vinagre balsâmico, limão e um pouco de iogurte desnatado também podem ser usados. Coma mais aveia, nozes, gérmen de trigo, banana e arroz integral, ricos em vitamina B6, que reduzem a retenção de líquidos.




Intestino funcionando

Além disso, regularize seu intestino e beba no mínimo dois litros de água por dia. Aumente a quantidade de alimentos ricos em líquido como chuchu, melancia, melão, pera, pepino e abobrinha. O excesso de adoçante pode dar gases e inchar a barriga, por isso utilize, no máximo, 20 gotas por dia. Dê preferência para frango e peixe, já que as carnes vermelhas são de difícil digestão. Você precisa ganhar massa muscular, aprenda receitas anabólicas para fazer em casa, testada por especialistas, conheça a dieta dos 21 dias Clique Aqui.

Reduza a gordura abdominal no dia a dia

Não tem segredo: dieta equilibrada, com pouca gordura e carboidratos, evitando frituras, doces, frios e embutidos. Além disso, o intestino precisa estar funcionando direitinho para que não haja inchaço no local. “É muito importante ir ao banheiro pelo menos duas vezes por dia, por isso a ingestão de fibras e líquidos é fundamental”, orienta a endocrinologista.

Alimentos termogênicos

Alguns alimentos específicos podem ajudar na tarefa. São os chamados termogênicos. De acordo com a nutricionista Erica Lopes, eles induzem o corpo a gastar energia durante o processo digestivo. “O efeito térmico do alimento varia conforme a composição da dieta, sendo maior após o consumo de carboidratos e proteínas do que depois da ingestão de gordura”, diz.

Entre os principais termogênicos estão: pimenta, mostarda, gengibre, vinagre de maçã, acelga, aspargos, couve, brócolis, laranja, kiwi, cafeína, guaraná, chá verde, água gelada, linhaça, gorduras vegetais e gorduras de coco. “Mas a alimentação dever ser bem balanceada, pois somente o consumo desses alimentos leva a uma deficiência importante de nutrientes”, alerta.

Exercícios são essenciais

Alguns exercícios podem ajudar a perder a barriga sem sair de casa. O objetivo pode ser alcançado alternando exercícios aeróbicos com os que fortalecem a musculatura. E a prática pode proporcionar benefícios que vão além da estética. Isso porque acúmulo de gordura na região abdominal pode causar problemas cardiovasculares, respiratórios e de postura. Você precisa ganhar massa muscular, aprenda receitas anabólicas para fazer em casa, testada por especialistas, conheça a dieta dos 21 dias Clique Aqui.

Fonte: Minha Vida

Comentários