Covid. Álcool reduz anticorpos em 15% após dose de reforço, diz estudo

Saiba o que diz um grupo internacional de especialistas.

© Shutterstock
Anuncio

Oconsumo de álcool pode travar a produção de anticorpos neutralizantes da Covid-19 após a terceira dose da vacina contra o coronavírus, segundo um estudo realizado por uma equipa da International University of Health and Welfare, no Japão, e que envolveu cerca de mil pessoas.

Segundo o The Japan Times, os pesquisadores analisaram a presença de anticorpos no sangue, incluindo os níveis de anticorpos neutralizantes que previnem infecções. Os níveis de anticorpos foram, em média, 15% menores em pessoas que ingerem álcool, mostram dados do estudo, com início em novembro de 2021.

A última pesquisa abrangeu 187 pessoas, com idades entre os 21 e 77 anos, que receberam a primeira dose da vacina da Covid-19 entre março e maio de 2021 e o reforço da Pfizer em dezembro. A maioria (102) admitiu que bebia álcool.

Os investigadores concluíram que não existem diferenças nos níveis de anticorpos entre homens e mulheres. Já os fumantes tendem a apresentar menos anticorpos, mas o impacto do tabagismo nos anticorpos foi menor do que o da bebida, ressalvam.

Os níveis de anticorpos dos participantes aumentaram em cerca de 34 vezes após a dose de reforço, sobretudo entre os jovens.


Fonte:  NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe seu Comentário